Transplantes

Transplantes de rim e fígado

Mais uma conquista do HSJ, graças ao trabalho de muitos em benefício de todos. Cuidar de pessoas é nossa motivação diária e esta nova conquista ajudará a cuidar de mais pessoas. O Hospital São José de Jaraguá do Sul está autorizado para a realização de transplantes de rim e fígado, conforme Portaria nº 1.038, de 5 de junho de 2017, do Ministério da Saúde.

De acordo com Mauricio José Souto-Maior, diretor geral do Hospital, esta conquista é resultado do trabalho que vem sendo desenvolvido há anos: “É um marco para a área da Saúde do município e reconhece a qualidade do serviço prestado pelo hospital”. Além de ser referência em alta complexidade nas especialidades de neurocirurgia, oncologia e ortopedia, o HSJ também é destaque na captação de órgãos. Em 2015, Jaraguá do Sul ficou em primeiro lugar do estado, realizando 30 doações. No ano passado ficou em quarto lugar, com 17 respostas positivas às notificações de compatibilidade. “Através da captação, entramos em contato com os órgãos responsáveis pelos transplantes no estado e iniciamos a busca por essa habilitação”, destaca o diretor.

É importante ressaltar que Santa Catarina é o estado que mais realiza captação de órgãos. Esse destaque é devido ao trabalho realizado pela SC Transplantes e pelas Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes – CIHDOTTs – dos hospitais catarinenses. Por ser destaque na captação de órgãos, percebeu-se a necessidade de ter mais centros de transplantes em Santa Catarina, pois grande parte dos órgãos aqui captados é encaminhada para outros estados. “Quanto menor o tempo entre a retirada do órgão e a realização do transplante, melhores serão os resultados do procedimento” destaca o Dr. Willy Mamoru Hiraga, diretor técnico do HSJ. A habilitação ocorreu devido à estrutura, a referência e a qualidade do trabalho aqui realizado: os investimentos em estrutura física nos últimos anos facilitaram o credenciamento.

No dia 10 de julho teve início o atendimento no Ambulatório de Transplantes. Inicialmente, a tendência é realizar de um a dois transplantes por mês. Este número vai aumentando gradativamente, tendo a possibilidade de serem realizados até três transplantes por semana. Os transplantes de rim e fígado atendem a principal demanda da região, tanto em oferta quanto em pessoas que deles necessitam. Números atualizados da SC Transplantes (junho 2017) mostram que a fila estadual para transplante de rim é de 366 pessoas, e de 21 para fígado. Outra demanda estadual é para transplantes de pâncreas e córneas, que o HSJ espera credenciar futuramente.

A fila é única e, no caso de não haver receptores compatíveis no estado, o órgão vai para a fila nacional. As pessoas que necessitam de transplante podem entrar em contato com o Ambulatório Médico de Especialidades do HSJ através do telefone 47 3274 5000 (ramais 5178 e 5303) ou pelo e-mail transplantes@hmsj.org.br para obter mais informações.