Pronto Socorro

Casos de urgência e emergência cabem ao âmbito do Pronto Socorro. A unidade deve ser procurada por pacientes mediante sintomas como febre muito alta, cólicas renais, traumas, dores agudas, dificuldades respiratórias e demais situações emergenciais.

No total, o PS do Hospital São José recebe, por mês, cerca de seis mil pessoas dos cinco municípios do Vale do Itapocu e também de outras localidades catarinenses. O espaço é referência para 22 cidades do Nordeste e 29 municípios do Planalto Norte de Santa Catarina em alta complexidade de neurocirurgia, ortopedia e traumatologia, oncologia. Também é referência em média complexidade em todas as demais especialidades para o Nordeste catarinense.

O setor conta com salas de emergência, espaço de observação, serviço de apoio, sala de gesso, além de equipamentos de última geração.  Os atendimentos são realizados conforme o protocolo Humaniza SUS, que preconiza uma triagem por cores para a demanda, levando em consideração a gravidade de cada caso.

A unidade é voltada a pacientes SUS (Sistema Único de Saúde), particulares e de convênios. A estrutura está à disposição da população 24 horas por dia. No local, há, ainda, médicos de plantão na especialidade de ortopedia.

comunicado

Devido a alta demanda de pacientes o tempo de espera no Pronto Socorro poderá ser maior em alguns dias e horários.

Galeria de Imagens

Classificação de risco

Nível 5
Emergência

Condição grave, risco de morte, e necessidade de atendimento imediato.

Nível 4
Muita Urgência

Situaçào de alto risco, paciente com risco potêncial, necessidade de atendimento o mais breve possível.

Nível 3
Urgência

Situaçào de gravidade moderada com quadro instável e risco de complicação.

Nível 2
Pouca Urgência

Menor grau de urgência, e/ou risco de complicação. Não precisa de intervenção imediata, a situação pode esperar atendimento.

Nível 1
Não Urgência

Paciente em condição não urgente, são situações que podem ser atendidas seletivamente.

Conheca o pronto socorro

PERGUNTAS FREQUENTES

Sim, o Pronto Socorro atende pacientes do SUS, convênios e particular. Porém os atendimentos serão realizados conforme o protocolo de classificação de risco, e não por convênio do atendimento.

Somente serão realizadas as aplicações que não são realizadas em farmácias e mediante apresentação de receita médica. No PAMA II também podem ser realizadas as aplicações de medicação, porém neste caso o receituário deve ser do SUS.

Os curativos são realizados apenas aos domingos e feriados, no horário das 08h as 09h. Durante a semana os curativos deverão ser realizados na unidade básica de saúde do bairro onde o paciente reside. Aos sábados pela manhã no PAMA II.

Os exames de sangue são realizados em laboratório terceirizado e o resultado pode demorar até 04 horas para ficar pronto. Os exames de RX são realizados na hora.

As informações são fornecidas em horários pré-definidos, pela equipe de enfermagem e se necessário pela equipe médica. Estes horários podem sofrer alterações caso haja uma emergência.

O Pronto Socorro do HSJ é referência em Urgência e Emergência Adulto e atendemos a partir de 12 anos completo. Abaixo dessa idade o paciente deverá se dirigir ao Hospital e Maternidade Jaraguá.

O procedimento é realizado pelo Enfermeiro Acolhedor, conforme os critérios preconizados no “Protocolo de Acolhimento e Classificação de Risco” do HSJ, identificando os atendimentos por cores com o seguinte nível de urgência:

  1. Vermelho – Emergência
  2. Amarelo – Urgência
  3. Verde – Não Urgência
  4. Azul – Ambulatorial

Dentre as situações especiais, sempre que possível os pacientes idosos e oncológicos deverão ter prioridade no atendimento, respeitando o nível de classificação, salvo em situações em que os demais pacientes tenham evidências de que existe a necessidade de serem atendidos prioritariamente.